jump to navigation

Caminhos sexuais Junho 18, 2010

Posted by Lucas Gabriel Marins in Curiosidades, Dia a dia, Faculdade, Imprensa.
1 comment so far

Apesar de não ter muita vergonha na cara, entrar em uma sex shop, no meio da tarde, é algo constrangedor. Antes de passar pela porta vermelha e branca de uma das filiais da Sex Boutique – há duas em Curitiba e uma em Porto Alegre -, na Travessa Jesuíno Marcondes, nos arredores da Praça Osório, caminhei umas três vezes pela frente, fingi que atendi o celular e, por fim, depois de mais alguns minutos de tensão, criei coragem. Havia mais de oito meninas vendendo pênis de borrachas, pênis vibradores, vaginas rosas, gel anal, calcinha comestível e outros milhares de produtos. Fui direto à caixa, uma mulher de uns 39 anos, branca, de olhos pretos e cara amarrada – parecia aquelas velhas dos filmes que maltratam as crianças –, uniforme preto e unha pintada de vermelho. Apesar de todas as demonstrações de uma possível ruindade, resolvi conversar com ela e agir da maneira que todo repórter deve se comportar.

(mais…)